segunda-feira, 6 de maio de 2013

A dor que dói mais...

A DOR QUE DÓI MAIS

Trancar o dedo numa porta dói. Bater com o queixo no chão dói. Torcer o tornozelo dói. Um tapa, um soco, um pontapé, doem Dói bater a cabeça na quina da mesa, dói morder a língua, dói cólica, cárie e pedra no rim. Mas o que mais dói é saudade.
Saudade de um irmão que mora longe. Saudade de uma cachoeira da infância. Saudade do gosto de uma fruta que não se encontra mais. Saudade do pai que já morreu. Saudade de um amigo imaginário que nunca existiu. Saudade de uma cidade. Saudade da gente mesmo, quando se tinha mais audácia e menos cabelos brancos. Doem essas saudades todas.
Mas a saudade mais dolorida é a saudade de quem se ama. Saudade da pele, do cheiro, dos beijos. Saudade da presença, e até da ausência consentida. Você podia ficar na sala e ele no quarto, sem se verem, mas sabiam-se lá. Você podia ir para o aeroporto e ele para o dentista, mas sabiam-se onde. Você podia ficar o dia sem vê-lo, ele o dia sem vê-la, mas sabiam-se amanhã. Mas quando o amor de um acaba, ao outro sobra uma saudade que ninguém sabe como deter.

Saudade é não saber. Não saber mais se ele continua se gripando no inverno. Não saber mais se ela continua clareando o cabelo. Não saber se ele ainda usa a camisa que você deu. Não saber se ela foi na consulta com o dermatologista como prometeu. Não saber se ele tem comido frango de padaria, se ela tem assistido as aulas de inglês, se ele aprendeu a entrar na Internet, se ela aprendeu a estacionar entre dois carros, se ele continua fumando Carlton, se ela continua preferindo Pepsi, se ele continua sorrindo, se ela continua dançando, se ele continua pescando, se ela continua lhe amando.

Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche.

Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer.


- Martha Medeiros

22 comentários:

  1. Adriana de Oliveira08/05/13 13:00

    Simplesmente Lindo !!!

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente perfeito!

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente tudo!!!

    ResponderExcluir
  4. Saudade dos sábados aonde curtíamos juntos as programções da TV comendo pipoca com coca zero...hoje meu amor está em um CTI esperando que Deus tenha misericórdia e o livre de todas as dores e sofrimentos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Amor tudo supera até mesmo as saudades.

      Excluir
  5. Lindo! Mas acho que não é da Martha Medeiros não...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá
      Essa crônica se encontra no livro "Trem-bala" dela.
      Beijos

      Excluir
  6. ...Saudades dos finais de semanas onde ficávamos reféns um do outro...e as horas passavam sem serem percebidas. Saudades do teu beijo sabor morango, mesmo quando sem baton!? Saudades dos lindos pés, nos quais eu me deliciava ao bezentá-los e massageá-los com óleos e cremes...saudades de nós! Saudades daqueles momentos que ficaram eternizados e sempre poderão ser evocados quando o coração quiser e a razão permitir...te quero sempre bem! Grande amor da minha vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a pior SAUDADE, é do que não vivemos...

      Excluir
    2. Já diria Lenine:

      "No dia em que "ocê" foi embora,
      Eu fiquei sentindo saudades do que não foi
      Lembrando até do que eu não vivi pensando em nós dois..."

      Excluir
  7. Saudade do que não vivemos...dói muito mais. Concordo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Coisas desse mundo MUITO DOIDO!!!

      Excluir
  8. Saudade dela é uma dor que não queria ter por que não respeitou-me, mas ainda assim dói, eu a amava!

    ResponderExcluir
  9. Com o TEMPO a gente percebe quem NUNCA deveria TER ENTRADO na nossa vida... Alguns relacionamentos guardamos com CARINHO outros a gente se ARREPENDE de ter começado... E Percebemos que existem pessoas que NUNCA irão conseguir se relacionar com ninguém se continuarem com o mesmo GÊNIO... E O ÚNICO sentimento que fica é o de MEDO de esse alguém querer fazer MAL à você...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E muitas vezes é usada a palavra SAUDADE para algo que se torna PERSEGUIÇÃO... ultrapassando os limites e violando a privacidade... Não É e NUNCA FOI Amor, apenas um desejo de possuir algo que NUNCA teve!!

      Excluir
  10. Vou lendo e as lembranças vão surgindo, as lágrimas fazem cia e a dor da saudade aumenta.
    Perfeito! Não estamos sozinhos, sempre tem Martha Medeiros para expor o que sentimos.

    ResponderExcluir
  11. Saudade eh nao poder saber! Isso doi, e como!

    ResponderExcluir
  12. Lindooooo..... saudade e você perceber que os anos vão passando cada vez mais depressa, e mesmo tudo tendo acabado o Amor que se sentia contia ali, lendo isso agora me veio na memoria todas as lembranças de passado que luto para esquecer, mas que vive presente no meu coração!!! impossível segurar as lágrimas :(

    ResponderExcluir
  13. pq temos esse sentimento?? dói!!!!!!! SOS!

    ResponderExcluir
  14. Saudades das vezes que eu sentia saudades e podia mandar uma mensagem dizendo : Estou com saudades..
    Saudades de quando podíamos marcar um dia para se ver e lá estava ele desmarcando seus outros compromissos.
    Saudades das vezes que discordava dos meus pensamentos, mas mesmo assim estava ali.
    Tenho saudades das vezes que ameaça ir embora e ia, mas logo depois estava de volta.
    Saudades de quando eu sumia por umas horinhas, depois quando eu voltava, ele fazia uma piada e negava que eu fiz falta quando me ausentei.
    Eu tenho saudades de quando surgia um breve silêncio e eu era capaz de falar até sobre cebola só para ter assunto.
    Bate uma saudade do tempo em que ele reclamava de eu saber tanto a seu respeito.
    Saudades eu tenho dele ter ir embora, sem antes esperar eu me acostumar aos poucos com a saudade que isso me causaria.
    Saudades eu tenho de perguntar se ele ele está bem e só para variar ele dizer que não, talvez porque esqueceu de acordar para ir pro cursinho.
    Saudades eu tenho de quando ele me irritava e depois dizia : você sabe que eu te amo né ?
    Hoje eu responderia, mesmo sabendo que ele disse de brincadeira. - Sei não. Será que quem ama é capaz de deixar o outro se afogar na saudade e nem aparecer para dizer: Eu também sinto saudades, sua enjoada.

    ResponderExcluir